Sejam bem vindos!
Se vocês gostam de saber novidades sobre livros e filmes está no lugar certo!

Resenha - A marca de uma lágrima

Autor: PEDRO BANDEIRA
Editora: MODERNA
Assunto: LITERATURA BRASILEIRA – AMOR E SUSPENSE
Páginas: 176
Sinopse: Com o amor no coração... E com a morte na alma.
Isabel se acha feia. Será mesmo? Feia ou não, ela é uma garota genial e acaba escrevendo
Lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande
Amor.
A morte da diretora da escola — terá sido mesmo suicídio? — vem alterar sua vida e
Precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente
Ameaçada. A idéia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se
Despedaça pelo amor de Cristiano...

Frase ou parágrafo que eu gostei no livro:  

“Ou façam como todo mundo e busque inspiração em qualquer poeta, em qualquer músico, em qualquer pôr-do-sol, em qualquer lua. De preferência, procurem um poeta que não tenha sido Beijado por você em nenhum jardim e de quem você não tenha salvado a vida em nenhum sofá!”

“A chuva apertou, encharcando os dois, como se quisesse dissolvê-los em um só corpo, num abraço eterno...”




Eu começo essa resenha hoje dizendo que eu tinha de resenhar esse livro aqui, pois foi o primeiro livro que eu realmente fiquei apaixonada. Engraçado, pois eu lembro que logo quando minha mãe o trouxe a mim eu não dava nada por esse livro... Mas no final do livro eu estava quase chorando com a história de Isabel. (Minha quase chara. Mas um motivo para eu gostar dela... rsrsrs) Mas chega de enrolar e vamos ao que interessa, a resenha.
Isabel é uma garota insegura e que se acha feia demais, mas que escreve poemas magníficos. Ela vive com a mãe, que anda sempre com enxaqueca, vive se preocupando com o que os vizinhos vão pensar e diz que para ela o pai de Isabel está morto. (sendo que o pai de Isabel é vivinho e está sempre trocando de mulher, motivo pelo qual a mãe de Isabel diz que ele está morto). Isabel é amiga de Rosana, a quem ela acha muito mais bonita do que ela e que mais tarde na trama acaba se tornando um grande empecilho para ela viver um grande amor com Cristiano, seu primo. Mas ela não consegue se esquecer do beijo que Cristiano deu nela, mas será que foi mesmo Cristiano que a beijou? Afinal, estava escuro e Isabel não estava em sua plena consciência, mas de uma coisa ela se lembra com certeza, ela se lembra dos braços fortes e quentes que a abraçaram, do cheiro de colônia e de uma correntinha, porém Cristiano parece não ter sentido o mesmo que ela e apagado aquele fato da memória. Em meio ao sofrimento e a dor de ver a sua melhor amiga Rosana, com seu grande amor Cristiano e tendo que ajudar aos dois a nutrir essa paixão, Isabel conhece Fernando em quem vê um amigo e apenas isso, mas ele a ver de forma diferente... Isabel pensou que não tinha como as coisas piorarem, mas é exatamente quando agente pensa isso que a vida nos prega mais uma peça. Isabel encontra a diretora da escola em que estuda morta em seu escritório. A pobre diretora havia se suicidado com Cianureto, ou será que ela fora envenenada? A morte dela estava envolta em muitos mistérios e Isabel havia presenciado uma cena alguns dias antes da morte da diretora que a havia deixado desconfiada agora. Isabel resolveu esquecer isso, afinal quem escutaria uma garota? Mas as coisas começam a ficar estranhas e sua vida começa a entrar em perigo por saber demais e no final quem realmente a salva da morte é seu grande amor.
Com uma escrita fluente, sensível e real, Pedro Bandeira descreveu com total realismo o que passa na cabeça de uma garota de 14 anos quando se apaixona. Com suas dúvidas e com a certeza de que encontrou o amor da sua vida. É uma leitura para pré- adolescentes, mas que não deixa de apaixonar quem é fã de romances e de uma boa história água com açúcar para se tentar voltar a acreditar em príncipes encantados ( o que está difícil hoje em dia)... A história de A marca de uma lágrima é a adaptação do romance “Cyrano de Bergerac” em que o escritor Pedro Bandeira coloca toda a sua sensibilidade no papel e cria Isabel, uma personagem que toda garota um dia já se identificou. Um ponto que eu achei super legal no livro é que o próprio Pedro compôs os poemas que Isabel escreve a Cristiano, o que deixou o livro mais real. Contudo um ponto negativo foi à edição, pois os pensamentos de Isabel iam, às vezes, logo depois de suas falas sem nenhuma pontuação, o que me deixou confusa, sem saber se eram uma fala ou um pensamento.  Mas no geral uma leitura gostosa e fácil, para ler em uma tarde de bobeira ou dar de presente para alguém que goste de um bom romance “fofinho”, mas com uma pitada de suspense.
RECOMENDO!

48 comentários:

Ysha Gatinha 14 de junho de 2011 09:29  

aff aff aff que ridiculo quem quer isso chatissimoooooo odeio aff que raiva quem quer ler isso é otario perder meu tempo aff mano que coisa ridicula e chata prefiro zuar e matar aula bem melhor que perder meu tempo pra ler isso be

Keli Anny Caribe Henrique Panño 14 de junho de 2011 09:36  

Qlegal, adorei, adorei, adorei! E você que se dane Ysha! Cada um tem uma opinião, cala a sua boca e mata as suas aulas, deixa quem quer ler que leia. Ao invés de perder seu tempo aqui, vai estudar, analfabeta! ;@

Anônimo,  7 de agosto de 2011 15:44  

HaHa, só podia ser...Só uma pessoa que não lê, mata aula,e provavelmente deve passar o dia inteiro no orkut seria capaz de colocar 'Ysha Gatinha' no nick...Por isso que o brasil não vai pra frente...

ellen,  9 de agosto de 2011 16:26  

amo esse livro claro que ele é mais voltado para garotas(e eu sou uma) fazer uma resenha sobre ele foi muito legal!!

matheus,  27 de novembro de 2011 15:00  

primeira vez que li ele e pelo que todos falam e pelo que eu vi é um otimo livro

Anônimo,  27 de janeiro de 2012 11:11  

Amo esse livro!
Principalmente essa parte:
E o meu amado o que diria se eu partisse?
O que diria se estes versos não ouvisse?
O que teria em suas mãos senão um corpo de sangrado cheio de carne, de suspiros, de delírio apaixonado?
Faltaria, porém, o recheio das idéias, a loucura e a razão, que transforma um encontro sem graça em tremenda paixão!
Mas não tema o meu querido que esse amor desapareça, por ele é amado ao mesmo tempo
por um corpo e uma cabeça.
O corpo ele pode beijar,cheirar, fazer do corpo mulher.
Mas a cabeça o possui, manipula, e faz dele o que quer!
Haja o que houver, do meu amor esse garoto foi o Rei.
Digam a ele que com corpo e cabeça eu sempre o amarei.
A marca dessa lágrima destemunha que eu o amei perdidamente.
Em suas mãos depositei a minha vida e me entreguei completamente.
Assinei com minhas lágrimas cada verso que lhe dei, como se fossem confetes de um carnaval que eu não brinquei.
Mas a cabeça apaixonada delirou foi farsante, vigarista, mascarada, foi amante, entregando-lhe outra amada, foi covarde que amando nunca amou!
Agradeço a você pelo amor que nunca te dei...
(♥)

Anônimo,  3 de fevereiro de 2012 05:37  

SEI TUDO SOBRE O LIVRO E JA RECOMENDEI A MUITA GENTE!!!

DESSALOHAN 5 de março de 2012 09:09  

EU LI ESTE LIVRO A ALGUNAS ANOS ATRAZ E ME APAIXONEI POR ELE , O MELHOR ATRAVEZ DELE PERCEBI O QT EU PERDIA EM NÃO LER LIVROS , ADOREI AMEI E AMO MEU PRIMEIRO LIVRO DE CABECEIRA !!!!

Anônimo,  28 de março de 2012 14:01  

Eu amo esse livro, foi o único livro que li, até porque é difícil me interessar pelos livros e tenho a preferencia por livros assim , românticos, que fala sobre coisas que acontece na vida real.(tirando a morte da diretora). Mas esse livro é ótimo, ótimo , ótimo, ótimo recomendo muito. E você Isha que não gostou do livro deve ser uma puta que fica com todos os meninas, que mata aula pra ficar se esfregando com moleques, então se não gostou não perde seu tempo comentando !!

Isabela Cristina 3 de abril de 2012 16:08  

Gente, por favor, vamos com calma nos comentários, todo mundo aqui tem a sua opinião e eu sei que essa Ysha é uma mau educada sem noção e só por isso eu irei deixar os comentários de vocês se "revoltando' com ela (porque, afinal, ela merece).
Muito obrigada a todos vocês que leram a resenha e gostaram, adorei ver a opinião de vocês. :D
E para quem não gostou, só posso dizer que sinto muito por você não conhecer os prazeres de uma leitura tão legal quanto a desse livro...

Anônimo,  13 de abril de 2012 12:52  

Eu já li A marca de uma lagrima e amei mais as opinioes sao diverssas sobre ele principalmente pra quem nao o leu ainda.

Anônimo,  24 de abril de 2012 18:17  

Eu li o Livro e Me apaixonei pela historia Mto Linda *-* é beb recomendado bjoo

Anônimo,  9 de maio de 2012 13:41  

um otimo livro acabei de ler na escola e gostei
muito

rafaela 10 de maio de 2012 14:28  

amei, muito e ja li outros livros de pedro bamdeira.

Anônimo,  20 de maio de 2012 18:04  

eu amo esse livro minha profesora le para os alunos na sala de aula e quanto mais ela le mais queremos que ela continue

Anônimo,  21 de maio de 2012 11:53  

Eu li esse livro a muito, muito, muito tempo!!

Ele é maravilhosso, tem cartas incriveis que tocam profudamente!!!

Anônimo,  14 de junho de 2012 16:46  

Eu jal li melhores, mas para falar a verdade esse livro conta partes de uma vida de adolecente que nao se valorisa

Anonimo baby 24 de junho de 2012 11:25  

Ysha "Gatinha" (que deve ser uma nega feia e favelada) Fica na tua e repeita a opinião dos outros, flowz? Ninguém aqui que gosto de livro tem culpa se tu é uma burra que provavelmente no futuro vai ser uma lixeira ou prostituta, porq se tu mata aula é isso q resta pra ti. Então antes de chama os outros de otários, tu pega um espelho e se olha rápido antes que ele quebree, flowz? beijins

Anônimo,  2 de julho de 2012 09:46  

amei esse livro, foi o livro de amor entre adolescentes que eu mais gostei ,tive que ler ele pr fazer trabalho de escola, MAIS AMEI TER LINDO...

Anônimo,  10 de agosto de 2012 10:14  

Sem legenda ~~ é ótimo mesmo
olhe ae gente
http://silenciar.tumblr.com/

Anônimo,  12 de agosto de 2012 20:17  

Eu ganhei esse livro de uma amiga...no colégio...que estava partindo pro japão....então ele tem um valor sentimental mto grande pra mim....Li mtas vezes....agora faz anos que não leio....mais lendo essa resenha....vou ler novamente......Lindoooo D+

Isabela Cristina 15 de agosto de 2012 08:11  

Para todos esse livro representa algo muito importante! :D

Anônimo,  5 de setembro de 2012 06:03  

eu li esse livro e amei . quem ñ gostou é pq ñ sabe apressiar as coisas boas da vida.

Jaqueline Felix,  7 de setembro de 2012 13:18  

amei esse livro me emocionei lendo peguei ele emprestado na biblioteca da escola e ameiii..recomendei a minhas amigas e elas tbm amaram..xero..

jerlanne magalhaes 15 de setembro de 2012 08:00  

amo o soneto..
Com o dia vem o momento da chegada
com a noite o momento da partida
mais quanta vida ja vivi
quanto resta ser vivida.

Estes sao dois espelhos quebrados
duas vezes sete de má sorte,
se ja vivi os quartoze anos quanto ainda resta pra morte.

É triste te ve chegando em cada instante em que se passe, pos se começa amorrer no momento em que se nasce.

Vou caminhando pra morte,
nao decide por viver, da morte nao sei o dia ha mais posso saber..

Thayane Vieira Reis 22 de setembro de 2012 08:26  

Pois senhoritas Ysha e Kley eu prefiro ler do ke ser uma velha sustentada por porra de homens pois se vcs ñ entenderam ainda nós somos a base do mundo as MULHERES são a base do mundo.
E eu já li esse livro um milhão de vezes não me canso de lelo, a ultima pag pé a melhor e mais bonita... Ah o beijo de Fernando <3

maike 27 de setembro de 2012 15:48  

Gostei de mais desse livro, eu li ele em um dia. Muito emocionante, a gente aprende que as pessoas não são quem parecem ser.

maike 27 de setembro de 2012 15:51  

E o Fernando mostrou para Isabel na última página. que o amor não é feito de pequenas palavras, e sim de grandes atitudes.

Anônimo,  28 de outubro de 2012 15:13  

Você contou o final do livro em uma resenha?

Geovanna,  29 de novembro de 2012 15:08  

Uma bela hitória, adorei esse livro...
Só otario para prefirir matar aula do que ler um otimo livro!
Parabéns! Predro Bandeira.

Isabela Cristina 3 de dezembro de 2012 05:59  

Não contei o final do livro na resenha.

Juliene Farnez 7 de fevereiro de 2013 08:19  

Simplesmente amo(!!!)esse livro. Já perdi a conta de quantas vezes o li. Mas, me lembro da primeira: eu estava na sétima série (13 anos). Nessa época já era fã do Pedro Bandeira, e a forma como ele conduziu a narrativa me encantou. Os poemas, tão bem construídos e emocionantes... Livro perfeito!

Bjos
http://entrereaiseutopias.blogspot.com.br/

Rodrigo ₢ 9 de abril de 2013 18:17  

euestou lendo ele a2 dias
muito bom! estou na página 137

Rodrigo ₢ 9 de abril de 2013 18:20  

no livro agarota se acha feia
pela foto da capa eu discordo, ela é linda !
adorei essa parte:
E o meu amado o que diria se eu partisse?
O que diria se estes versos não ouvisse?
O que teria em suas mãos senão um corpo de sangrado cheio de carne, de suspiros, de delírio apaixonado?
Faltaria, porém, o recheio das idéias, a loucura e a razão, que transforma um encontro sem graça em tremenda paixão!
Mas não tema o meu querido que esse amor desapareça, por ele é amado ao mesmo tempo
por um corpo e uma cabeça.
O corpo ele pode beijar,cheirar, fazer do corpo mulher.
Mas a cabeça o possui, manipula, e faz dele o que quer!
Haja o que houver, do meu amor esse garoto foi o Rei.
Digam a ele que com corpo e cabeça eu sempre o amarei.
A marca dessa lágrima destemunha que eu o amei perdidamente.
Em suas mãos depositei a minha vida e me entreguei completamente.
Assinei com minhas lágrimas cada verso que lhe dei, como se fossem confetes de um carnaval que eu não brinquei.
Mas a cabeça apaixonada delirou foi farsante, vigarista, mascarada, foi amante, entregando-lhe outra amada, foi covarde que amando nunca amou!
Agradeço a você pelo amor que nunca te dei...

Anônimo,  22 de abril de 2013 10:33  

muito obrigada isabela, eu gostei muito e me ajudou também!! é claro que essa Ysha é uma porcaria, deve ficar o dia inteiro vadiandooo

Anônimo,  16 de maio de 2013 06:00  

li e não gostei desse livro mt perda de tempo aff

Anônimo,  19 de maio de 2013 10:14  

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo,  24 de maio de 2013 09:07  

AMEI O LIVRO EU ME INDENDIFIQUEI

Eduarda Avilla,  23 de junho de 2013 15:04  

eu tenho o livro e eu acho ele demais, e também acho que cada um tem sua opinião sabe e eu respeito a de todos mas quem ñ gostou porque ta perdendo o seu tempo escrevendo comentário se ñ gostou.... mais eu também ñ acho certo pessoas chamarem outras de nega e de favelada porque nega é racismo NEGRA é a palavra correta e favelada? vc sabe se ela é? ñ né ;)bom é isso eu vim da a minha opinião e ja vou deixar bem clarooo que ñ me importo se virem falar de mim porque eu sou oq eu sou,gente,humana,e humilde :)fikooo a dica beijusss

Anônimo,  27 de agosto de 2013 14:27  

Vcs não sabem o que é cultura leem só coisa moderna deviam ter mais respeito com o blog dessa mulher!!!

katiane Dias 6 de março de 2014 16:08  

Sensacional!!!!!!!!!
O melhor Livro da Face da Terra

Anônimo,  24 de agosto de 2014 19:02  

Depois de ler alguns comentários idiotas falando mal do livro deu vontade de rir... Sério mesmo! Sei q cada um tem sua opinião então a minha é quem disse aquilo é simplesmente um bobão! Adorei o livro :p

Juliana Pereira 31 de janeiro de 2015 18:02  

Gostei mto do livro. Pedro Bandera soube mergulhar no universo juvenil, descrevendo as sensações e pensamentos, como ao fato de q todo jovem acha que o amor é eterno e etc. Acho q o livro ficou devendo um pouco mais de mistério e suspense em relação à morte da diretora, no mais é uma boa pedida é ótimo para viajar nos romances adolescentes

Ana Furtado 5 de junho de 2016 13:32  

Conteúdo é algo que poucos possuem!

Postar um comentário

  © NOME DO SEU BLOG

Design by Emporium Digital